Title: Roteiro de Avaliação da Consciência Fonológica (RACF)
Other Titles: Hoja de ruta de Evaluación de la Conciencia Fonológica (RACF)
Roadmap Assessment of Phonological Awareness (RACF)
Authors: Boulhoça Suehiro, Adriana Cristina
Angeli dos Santos, Acácia Aparecida
Keywords: Criterio de validez
Conciencia metalingüística
Habilidades lingüísticas
Issue Date: Jun-2011
Publisher: Universidad Católica de Colombia. Facultad de Psicología
Citation: Boulhoça Suehir, A., & Angeli Dos Santos, A. (2011). Roteiro de avaliação da consciência fonológica (RACF). Acta Colombiana de Psicología, 14(1), 147-154. Recuperado de http://editorial.ucatolica.edu.co/ojsucatolica/revistas_ucatolica/index.php/acta-colombiana-psicologia/article/view/364/369
Abstract: O presente estudo buscou avaliar a consciência fonológica de alunos do ensino fundamental, para investigar evidências de validade de critério pela comparação entre as séries e também identificar diferenças relativas às variáveis sexo e idade. Participaram 221 crianças de 6 a 12 anos (M=8,53; DP=1,40) que individualmente responderam ao Roteiro de Avaliação da Consciência Fonológica (RACF), instrumento tipo screening. Dos 15 pontos possíveis, as crianças obtiveram média de 11,23 (DP=2,60). Destaca-se como principal resultado o estabelecimento de evidência de validade de critério, visto que por meio da ANOVA foi identificada a existência de diferenças significativas entre as séries [F(3,218)=18,66; p<0,001], identificando-se escores mais altos congruentes com o avanço na etapa escolar. As pontuações médias de meninos e meninas não diferiram significativamente e, quanto à idade, as crianças mais velhas alcançaram médias mais elevadas. Sugere-se que outros estudos sejam realizados com amostras maiores e diversificadas, de forma a possibilitar também a comparação com outras variáveis potencialmente relevantes.
Bibliography References: Andrezza-Ballestrin, C. A. (2007). Relação entre desempenho em consciência fonológica e a variável sexo, na infância. Dissertação de Mestrado, Universidade Federal de Santa Maria, Santa Maria-RS.

Antoniazzi, M. I. B., Suehiro, A. C. B., e Santos, A. A. A. (2005). A relação entre a alfabetização e a consciência fonológica. Em VII Congresso Nacional de Psicologia Escolar e Educacional. Curitiba-PR.

Araújo, F. P., Lindenbaum, J., Figueiredo, F.V., e Chiappetta, A. L. M. L. (2006). A consciência fonológica do português na aquisição simultânea de duas línguas. Revista CEFAC, 8(1), 15-9.

Barrera, S. D., e Maluf, M. R. (2003). Consciência metalingüística e alfabetização: um estudo com crianças da primeira série do ensino fundamental. Psicologia: Reflexão e Crítica, 16(3), 491-502.

Benítez, Y. G., Vargas, G. G., Hernández, A. L., Sánchez, U. D., e García, A. H. (2007). Habilidades lingüísticas en niños de estrato sociocultural bajo, al iniciar la primaria. Acta Colombiana de Psicología, 10 (2), 9-17.

Bernardino Júnior, J. A., Freitas, F. R., Souza, D. G., Maranhe, E. A., e Bandini, H. H. M. (2006). Aquisição de leitura e escrita como resultado do ensino de habilidades de consciência Fonológica. Revista Brasileira de Educação Especial, 12(3), 423-450.

Bertelson, P., Gelder, B., Tfouni, L., e Morais, J. (1989). Metaphonological abilities of adults illiterates: New evidence of heterogeneity. European Journal of Cognitive Psychology, 1, 239-250.

Blischak, D. M. (1994). Phonologic awareness: implications for individuals with little or no functional speech. Argumentative and Alternative Communication, 10, 245-254.

Bradley, L., e Bryant, P. E. (1983). Categorizing sounds and learning to read: a causal connection, Nature, 301, 419-421.

Capovilla, A. G. S., e Capovilla, F. (2009). A consciência fonológica e sua importância para a aquisição da linguagem escrita. Em M. Mota (Org.), Desenvolvimento metalingüístico: questões contemporâneas, pp. 19-40. São Paulo: Casa do Psicólogo.

Capovilla, A. G. S., Capovilla, F. C., e Silveira, F. B. (1998). O desenvolvimento da consciência fonológica, correlações com leitura e escrita e tabelas de estandardização. Ciência Cognitiva: Teoria, Pesquisa e Aplicação, 2(3), 113-160.

Capovilla, A. G. S., Dias, N. M., e Montiel, J. M. (2007). Desenvolvimento dos componentes da consciencia fonológica no ensino fundamental e correlação com nota escolar. Psico-USF, 12(1), 55-64.

Cardoso-Martins, C. (1991). A consciência fonológica e a aprendizagem inicial da leitura e da escrita. Cadernos de Pesquisa, (76), 41-49.

Cielo, C.A. (2002). Habilidades em consciência fonológica em crianças de 4 a 8 anos de idade. Pró-Fono, 14(3):301-312.

Citoler, S. A. D. (1991). El desarrollo de las habilidades metalingüísticas: la consciencia fonológica. Revista Española de Lingüística Aplicada, 7(1), 9-22.

Lundberg, I., Frost, J., e Petersen, O. (1988). Effects of an extensive program for stimulating phonological awareness in preschool children. Reading Research Quarterly, 23, 262-284.

Mello, R. B. (2006). A relação entre consciência fonológica e aquisição da leitura e da escrita de jovens e adultos. Tese de Doutorado, Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro-RJ.

Meneses, M. S., Lozi, G. P., Souza, L. R., e Assencio-Ferreira, V. J. (2004). Consciência fonológica: diferenças entre meninos e meninas. Revista CEFAC, 6(3), 242-246.

Messick, S. (1995). Validity of psychological assessment. American Psychologist, 50(9), 741-749.

Moura, S. R. S., Cielo, C. A, e Mezzomo, C. L. (2009). Consciência fonêmica em meninos e meninas. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 14(2), 205-211.

Primi, R., Muñiz, J., e Nunes, C. H. S. S. (2009). Definições contemporâneas de validade de testes psicológicos. In C. S. Hutz (Org.), Avanços e polêmicas em avaliação psicológica, pp. 243-265. São Paulo: Casa do Psicólogo.

Pedras, C. T. P. A., Geraldo, T., e Crenitte, P. A. P. (2006). Consciência fonológica em crianças de escola pública e particular. Revista da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia, 11(2), 65-69.

Pestun, M. S. V. (2005). Consciência fonológica no início da escolarização e o desempenho ulterior em leitura e escrita: estudo correlacional. Estudos de Psicologia, 10(3), 407-412.

Roazzi, A., e Dowker, A. (1989). Consciência fonológica, rima e aprendizagem da leitura. Psicologia: Teoria e Pesquisa, 5(1), 31-55.

Salgado, C., e Capellini, S. A. (2004). Desempenho em leitura e escrita de escolares com transtorno fonológico. Psicologia Escolar e Educacional, 8(2), 179-188. 26. Santos, A. A. A. (1996). A influência da consciência fonológica na aquisição da leitura e da escrita. Em F. F. Sisto, G. C. Oliveira, L. D. T. Fini, M. T. C. C. Souza, e R. P. Brenelli (Orgs.), Atuação psicopedagógica e aprendizagem escolar, pp. 213-247.
URI: http://hdl.handle.net/10983/147
ISSN: 0123-9155
Is part of: Acta Colombiana de Psicología, Vol. 14, no. 1 (ene.-jun. 2011); p. 147-154
Appears in Collections:CAA. Acta Colombiana de Psicología

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
v14n1a13.pdfArtículo original505.8 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.